Abrasão da pele

A abrasão da pele ou dermoabrasão é um peeling físico.

Pode ser realizada bem superficial como um peeling de cristal. Se for médio pode ser um peeling de diamantes. Um pouco mais profundo deve ser realizado com anestesia.

A dermoabrasão melhora a qualidade da sua pele removendo as células da camada mais superficial. Atenua as rugas do tipo código de barras sobre o lábio superior, cicatrizes de acne, irregularidades e manchas.

Pode ser necessário uma ou mais sessões, com intervalos que variam de acordo com a sua pele. O seu tratamento pode durar de dois a seis meses porque o resultado pode ser parcial e é variável de pessoa para pessoa.

Quando a dermoabrasão é mais superficial não é necessário o uso de anestesia. Pode ser necessário a anestesia tópica, local, local com sedação ou geral no caso de abrasão mecânica mais profunda e em toda a face.

Você deve evitar a exposição solar com a intenção de bronzear por um período de 12 meses. Para o dia a dia sua pele deve sempre ser protegida com o uso de bloqueador solar prescrito pela médica. O objetivo é minimizar o aparecimento de manchas.

Se sua pele for morena ou oriental você pode ter maior propensão a cicatrizar com manchas (hiperpigmentação). Não é uma contra indicação absoluta na realização deste tratamento, mas seguir as orientações de cuidados é fundamental para você.

Este tratamento está contraindicado se você tem barba irritável (homens), espinhas ativas ou inflamadas, acentuada irregularidade na superfície da pele, presença de alteração da cor da pele em outras áreas ou cicatrizes inestéticas.

Este procedimento não deve ser realizado em conjunto com cirurgias de face (cirurgia de rejuvenescimento). Devemos aguardar um intervalo mínimo de 90 dias.

Agende agora a sua consulta para que a Dra Gnana possa te orientar pessoalmente.

IMPORTANTE

APESAR DE VOCÊ MERECER E DO PROFISSIONAL SE ESMERAR, A CIRURGIA PLÁSTICA NÃO PROMETE RESULTADOS – OBJETIVA A MELHORIA DO PROBLEMA APRESENTADO. SUAS EXPECTATIVAS PODEM SER MAIORES QUE O RESULTADO CONSEGUIDO.

Veja os procedimentos no site SBCP

Voltar ao topo