Intradermoterapia

A intradermoterapia é a aplicação de medicamentos na pele ou subcutâneo, aproximando o medicamento do lugar de onde desejamos tratar. É uma maneira de administração de medicamentos. Proporciona uma alta concentração no local de ação, com poucos efeitos colaterais. Por isso, doses mínimas das substâncias são suficientes. Então, uma pequena quantidade aplicada no local alvo terá uma forte ação neste local. Quando a medicação for absorvida e distribuída no resto do organismo haverá uma diluição e os possíveis efeitos colaterais serão muito diminuídos.

Vários medicamentos são disponíveis para o tratamento, ficando o médico responsável pela escolha da mescla (mistura dos fármacos), dependendo do objetivo a ser tratado.

A intradermoterapia tem ação localizada e é realizada com o uso de agulhas muito curtas, injetando-se medicamentos que melhoram a circulação, outros que são lipolíticos e que “queimam” a gordura dos tecidos ou afetam as paredes das estrias para melhorar a aparência final.

Os medicamentos lipolíticos, ou seja, aqueles que liberam a gordura do tecido, atuam bem se a gordura não for reposta. Portanto, como todos os métodos de combate à gordura localizada e celulite, a Intradermoterapia é mais eficiente associada à reeducação alimentar e exercícios físicos.

Você poderá ter um pequeno inchaço na região da aplicação. Sessões de drenagem linfática e ultrassom podem minimizar esses efeitos.

As contraindicações são para casos de alergia a algum componente da mescla, infecção no local a ser tratado, gestação ou lactação.

O número de sessões pode variar de acordo com a sua resposta ao tratamento. Normalmente você já notará mudanças desde a primeira sessão ?O intervalo mínimo é de 7 a 15 dias entre uma sessão e outra.

Agende agora a sua consulta para que a Dra Gnana possa te orientar pessoalmente.

IMPORTANTE

APESAR DE VOCÊ MERECER E DO PROFISSIONAL SE ESMERAR, A CIRURGIA PLÁSTICA NÃO PROMETE RESULTADOS – OBJETIVA A MELHORIA DO PROBLEMA APRESENTADO. SUAS EXPECTATIVAS PODEM SER MAIORES QUE O RESULTADO CONSEGUIDO.

Veja os procedimentos no site SBCP

Voltar ao topo