Recomendações gerais

Para você se organizar!

Se você deseja realizar um procedimento cirúrgico, há algumas regras gerais que podem te ajudar.

Converse com sua médica para diminuir suas dúvidas. Você é especial! Ajustes nestas orientações podem ser feitas para você se recuperar melhor.

 

Cuidados pré-operatórios

Após a indicação cirúrgica, a sua médica solicitará a você exames que devem ser realizados antes da cirurgia. A consulta com cardiologista para emissão de risco cirúrgico e com o anestesista para avaliação pré anestésica são recomendadas.

 

Recomendações importantes

Não utilizar nas duas semanas anteriores à cirurgia medicamentos à base de AAS (Ácido Acetil Salicílico), anti-inflamatórios, anticoagulantes, Ginkgo Biloba, Arnica, corticóides de uso prolongado ou medicamentos para emagrecer, salvo sob orientação estrita da cirurgiã ou do seu médico assistente. Nos casos aonde a descontinuação do uso não é possível, a cirurgiã deve ser informada.

Não fume nos 30 dias antes da operação.

Não use cremes corporais na véspera da cirurgia.

Não depile ou raspe os pelos da axila e pubis nos 5 dias antes do procedimento.

Faça Jejum de acordo com a recomendação médica.

Não utilize esmaltes coloridos nas unhas das mãos.

Comunique a médica qualquer anormalidade, uso recente de medicamentos, chás, prescrições fitoterápicas, uso de homeopatia, alergias a remédios ou a alimentos.

No dia marcado para a sua cirurgia tome banho completo e chegue ao local com uma hora de antecedência.

 

Cuidados Pós operatório

Você vai precisar utilizer um modelador elástico (malha) nos primeiros 90 dias, ou de acordo com a recomendação médica.

Geralmente você poderá retornar às atividades habituais em uma a duas semanas, mas alguns cuidados serão recomendados pela médica quanto ao posicionamento corporal, à atividade física, sexual, curativos e retornos.

 

Qual tipo de anestesia?

As cirurgias são realizadas com assistencia de um médico anestesista. Este é o professional responsável por indicar o tipo de anestesia melhor para você. Algumas cirurgias podem ser realizadas com anestesia local e sedação, outras com anestesia geral. Pergunte a sua médica qual seria mais segura para você.

 

A Cirurgia

O procedimento cirúrgico tem duração média de três a quatro horas. Pode ter menor duração, mas pode também se prolongar caso sejam associados outros procedimentos. O tempo de permanência em bloco cirúrgico é em geral maior, pois você vai precisar ser preparado e anestesiado antes. Depois do procedimento ainda teremos que cuidar de você até sua completa recuperação antes de ir para o quarto.

A internação pode ser em regime de curta permanência (hospital dia) ou a pernoite pode ser necessária quando associam-se outros procedimentos. Você sairá do centro cirúrgico usando uma malha de contenção, que deve ser usada segundo orientação da cirurgiã por um período pré-determinado.

 

Cicatrizes

As cicatrizes variam de acordo com a proposta cirúrgica. Em geral são proporcionais ao excesso de pele a ser removido. Tentamos sempre posicioná-las em pregas naturais ou localizadas sob as roupas de banho.

Na lipoaspiração, você ficará com pequenas cicatrizes.

As cicatrizes são permanentes e vão se modificando com o decorrer do tempo.

Em geral as cicatrizes são vermelhas e altas no início. Torna-se planas e esbranquiçadas com o tempo. A evolução das cicatrizes são muito dependentes da sua herança genética. As cicatrizes podem evoluir para a hipertrofia (altas e largas ) ou queloides. Converse com a sua médica sobre o comportamento das suas outras cicatrizes ao longo da vida. Alguns cuidados podem ser adotados para a melhora do aspecto das mesmas.

Dor

Após o procedimento você poderá apresentar aumento transitório de sensibilidade nas áreas onde foi realizada a cirurgia, porém a dor não costuma ser intensa e pode ser controlada com analgésicos simples. Repouso, evitar movimentos amplos e uso de roupas confortáveis auxiliam na diminuição da dor. Compressas frias podem te ajudar ao diminuir o inchaço local.

 

Recuperação

Durante as duas primeiras semanas, você deverá evitar movimentos amplos e bruscos. Alguns procedimentos exigem cuidados de outras pessoas para te ajudar a levantar, tomar banho e vestir.

Recomendamos o uso da malha compressiva por quatro a 12 semanas, roupas confortáveis e abertas na frente e evitar a exposição solar.

A exposição solar pode marcar permanentemente a cicatriz recente (vermelha) e deverá ser evitada por completo no início, sendo liberada gradualmente e com proteção adequada de acordo com a evolução da cicatriz.

Após a cirurgia, você deverá tomar o antibiótico indicado e analgésicos para controle e alívio da dor.

O primeiro retorno e os demais serão agendados para troca de curativos e acompanhamento.

Ao longo do primeiro mês, você poderá voltar a realizar as atividades diárias, como dirigir (com cerca de 20 dias) e caminhar. Exercícios gerais poderão ser liberados após 40 dias e exercícios localizados em braços após 90 dias.

Pontos externos serão removidos em torno do vigésimo primeiro dia.

Toda a sua evolução será acompanhada de perto, através dos retornos no consultório e acompanhamento médico. As restrições e liberações de atividades são muito individualizadas e deverão ser perguntadas a sua médica.

Resultado final

Nas primeiras semanas, a região operada permanece inchada e com manchas rochas que desaparecem gradativamente. As cicatrizes inicialmente avermelhadas tornam-se esbranquiçadas e finas. Consideramos definitivo o resultado após resolução do edema e a cicatrização, que ocorrem após 18 meses.

Agende agora a sua consulta para que a Dra Gnana possa te orientar pessoalmente.

IMPORTANTE

APESAR DE VOCÊ MERECER E DO PROFISSIONAL SE ESMERAR, A CIRURGIA PLÁSTICA NÃO PROMETE RESULTADOS – OBJETIVA A MELHORIA DO PROBLEMA APRESENTADO. SUAS EXPECTATIVAS PODEM SER MAIORES QUE O RESULTADO CONSEGUIDO.

Veja os procedimentos no site SBCP

Voltar ao topo